quarta-feira, 20 de abril de 2011


Universitário confessa agressão a homossexual, diz polícia

20/04/2011
Um estudante de direito de 20 anos confessou à Polícia Civil que participou da agressão contra um homossexual de 21 anos na madrugada de sexta-feira (16), em Campo Grande (MS), próximo a uma boate gay. Segundo a delegada Daniella Kades, André Baird disse em depoimento que ele, um primo e mais dois amigos estavam embriagados quando resolveram escolher alguém para bater. Ele negou que a agressão tenha acontecido por homofobia. André Baird é filho do prefeito de Costa Rica (MS), Jesus Queiroz Baird, e mora há dois anos em Campo Grande, onde estuda. Jesus Queiroz Baird disse à Folha que ficou "arrasado" ao saber do caso e ordenou que o filho fosse à delegacia. "Ele me disse que se envolveu em uma briga. Isso está sendo investigado, mas, se for caso de homofobia, dá no mesmo, vai ter que responder na forma da lei".Leia mais (19/04/2011 - 17h47)

Nenhum comentário:

Postar um comentário