quinta-feira, 21 de abril de 2011

Quem é Karen Berg, a guru de Madonna no mundo da Cabala


À frente do Kabbalah Centre ,ela opularizou uma sabedoria antes exclusiva aos homens judeus, com mais de 40 anos. Agora, enfrenta acusações de desvio de doações e crimes fiscais

Por Redação Marie Claire
Editora Globo
KAREN FUNDOU COM O MARIDO O KABBALAH CENTER, FREQUENTADO POR FAMOSAS COMO MADONNA E DEMI MOORE
Karen Berg (foto) é a mulher por trás do Kabbalah Centre, onde Madonna estuda a Cabala. A cantora e outros famosos como Demi Moore e Ashton Kutcher se dedicam a uma leitura específica da Bíblia, antes exclusiva a um grupo de homens judeus e hoje popular graças a Karen e o marido, Rav Phillip Berg. Karen conversou com Marie Claire sobre espiritualidade, alunos celebres e sobre o escândalo financeiro em que está envolvida desde o início do mês. A entrevista exclusiva é um dos destaques da edição de maio da revista.
Leia mais: Inès de La Fressange lança livro com dicas sobre moda e Paris
No dia 3 de abril, a revista “Newsweek” publicou reportagemdizendo que o Kabbalah Centre vem sendo investigado pelo governo americano. O motivo: irregularidades financeiras, a mais grave delas sendo o desvio de verbas destinadas à construção de uma escola de meninas no Malauí, na África. O projeto arrecadou US$ 18 milhões em doações e tem o apoio de Madonna, mãe de duas crianças malauianas. Karen negou os boatos na entrevista a Marie Claire e se defendeu de outra afirmação, a de que viveria uma rotina de luxo apesar do voto de pobreza.
   Reprodução
MADONNA VESTINDO A CAMISA DA CABALA EM DOIS MOMENTOS E NO ÚLTIMO DIA 16 (à dir.), CHEGANDO AO KABBALAH CENTER DE NOVA YORK. A FOTO DESMENTE A NOTÍCIA DE QUE ELA TROCARIA O GRUPO PELO OPUS DEI
Madonna, por meio do seu site também se posicionou a respeito, garantindo que a ONG responsável pela obra está passando por mudanças positivas. Em nota, a RP da cantora afirma: “Nem Madonna nem a Raising Malawi estão sendo investigados pelo FBI ou o IRS (respectivamente serviço de inteligência e fisco americanos)”. Em meio aos rumores, um tabloide britânico chegou a noticiar que a cantora abandonaria a Cabala para entrar na Opus Dei, o que foi negado pela organização católica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário