quarta-feira, 13 de abril de 2011


Luan Santana se inspira em Michael Jackson para gravar seu DVD

13/04/2011
Cantor disse que se inspirou em astros internacionais para fazer uma superprodução


Luan Santana está divulgando seu mais novo trabalho, CD e DVD Luan Santana Ao Vivo no Rio, que foi gravado no mês de dezembro na cidade do Rio de Janeiro e contou com as participações especiais de Ivete Sangalo, Zezé di Camargo e Luciano, entre outros. Na tarde desta terça-feira (12), o fenômeno teen se reuniu com a imprensa no hotel Grand Hyatt, em São Paulo, para falar sobre o seu audacioso projeto:
“Eu quis uma superprodução mesmo para o show e tive ideias diferentes durante três meses. Queria um super show, com muita tecnologia, porque acho que meus fãs e a galera do Brasil merece que tenha em um show nacional com tecnologia de ponta e não tenha que esperar por um show gringo”, comentou ele.
Tendo em mente que feria um show para agradar ao público com grande tecnologia, o músico não economizou nas pesquisas para a produção do espetáculo e se inspirou em astros pop internacionais, principalmente na turnê que Michael Jackson faria caso não tivesse morrido, intitulada This is It: “eu adoro show gringo por causa disso [tecnologia]. Cada coisa eu tive ideia de colocar no meu show, foi a partir de um show internacional. O equipamento de voar, eu lembro que vi no show do N’Sync. O de catapulta iria ser usado na turnê This is It, do Michael, e eu gostei muito. As máquinas de CO 2 que fazem fogo eu vi no show do Black Eyed Peas. Eu fiz uma pesquisa muito a fundo disso. Meu empresário foi em uma feira de efeitos especiais e trouxe essa máquina de fogo de CO 2, desde o começo a gente já tinha isso na cabeça”, falou Luan.
Sem perder a essência, o sertanejo disse que conseguiu se manter fiel ao estilo de seu primeiro álbum, quando estourou com o hit Meteoro da Paixão:
“As músicas a gente conseguiu englobar sem sair do estilo do primeiro álbum e fiquei muito feliz com o resultado”, disse ele, que ainda adaptou toda a estrutura do show de gravação do DVD para a estrada: “a única coisa que falta para adaptar na estrada o que foi feito no DVD é o equipamento do voo, no resto a gente conseguiu adptar tudo. Claro que de uma forma menor, porque a gente vai fechar o ano com uma média de 20 shows por mês e todo o equipamento seria uma coisa muito grande pra transportar. Conseguimos adaptar de uma forma menor, mas muito semelhante a do DVD”, completou.

Confira mais trechos importantes da coletiva de imprensa:
Parceria com Ivete Sangalo para a gravação do DVD:
“Conheci a Ivete Sangalo em um prêmio do Faustão. Da primeira vez que ela me viu, não assimilou que fosse o cantor do Meteoro, foi engraçado. Mas logo que a gente entrou em contato com ela para gravar o DVD, ela aceitou fazer na hora. Ela é muito desse jeito: ‘vamos fazer, vamos fazer’. Mas a gente não teve tempo de ensaiar. Passei a música para ela, ela decorou a parte dela e a gente cantou pela primeira vez juntos no palco”.
Parceria com Zezé di Camargo e Luciano:
“Com o Zezé di Camargo e Luciano a gente ensaiou uma vez no estúdio, mas foi só uma vez antes”.
Parceria coma cantora espanhola Belinda:
 “Com a Belinda consegui ensaiar um dia antes, uma vez só também”
Preconceito com a música sertaneja:
“Existiam algumas regiões no Brasil que tinham uma certa barreira contra a música sertaneja e a gente vê que de uns tempos para cá, essa barreira foi quebrada e a gente vê baladas sertanejas no Rio de Janeiro crescendo sem parar. A gente queria mostrar pra galera que sertanejo entrou sim lá".
Carreira Internacional:
Nós só estamos esperando o lançamento deste DVD, esperando que as músicas novas fiquem na boca da galera e já está ficando. Depois disso vamos pegar as melhores deste trabalho, as melhores do outro e vamos gravar em outra lingua, o espanhol, para conquistar o mercado latino.
Carreira como ator:
"Eu acho que não levo muito jeito para ator. As duas participações que eu fiz em novela foi em Malhação, no início de 2010 e agora na Morde & Assopra, mas nas duas vezes eu fui levar um show meu, nunca interpretei papel, nunca fiz nenhum personagem, mas não levo jeito para ator não, meu negócio é cantar mesmo".
Sobre Namoro:
"Quando eu namorar eu vou falar na hora, quando isso acontecer, os primeiros a saber serão meus fãs com certeza".
Como é ser um fenônemo? Já se acostumou?

"Eu já estou bem de boa com tudo isso. Hoje eu não quero o anonimato de forma alguma, a única coisa de ruim que eu vejo nisso tudo é a falta de tempo para visitar os meus amigos, a minha família, mas tem muito mais coisas boas que acontecem comigo, sem dúvida nenhuma".

Nenhum comentário:

Postar um comentário