quinta-feira, 21 de abril de 2011

Livro "monstro" celebra pai do fetichismo gay (alerta: conteúdo adulto)


"Tom of Finland XXL" é o livro mais completo sobre a obra de um pioneiro na arte homoerótica, exposta em museus dedicados à representação do homoerotismo, como o Museu do Sexo, em Amsterdã.
"Tom of Finland XXL" é o mais completo sobre obra de pioneiro na arte homoerótica, exposta em museus
Reprodução
Livro repleto de imagens eróticas é sonho de consumo de gays
Livro repleto de imagens eróticas é sonho de consumo de gays
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Siga a Livraria da Folha no Twitter

Tom da Finlândia é o apelido de Touko Laaksonen, nascido no país em 1920 e morto em 1991. Considerado o mestre do fetichismo gay, o artista ganhou fama retratando homens musculosos em situações altamente eróticas, em tons ora em preto e branco ora em colorido.
As imagens criadas por Tom da Finlândia compõe um universo próprio. É constante em sua obra cenas de orgias, de pênis gigantes e a retratação de um prazer intenso sob a ótica do sadomasoquismo.
A maior parte de sua obra está compilada em "Tom of Finland XXL" uma edição de luxo, lançada pela editora Taschen e organizada pela influente Dian Hanson, responsável por outros títulos de sucesso como "The Big Butt Book" , "The Big Book of Legs""The Big Book of Breasts" e "The Big Penis Book".
Como diz o título, Tom of Finland XXL" é um livro extragrande. Possui mais de 600 páginas e pesa 3,5 kg. O superlativo é justificável. São mais de 40 cm de altura e mais de mil imagens reproduzidas, sendo uma boa parte delas inéditas - a partir de uma extensa pesquisa na Europa e nos Estados Unidos por meio da instituição que leva seu nome, a "Tom of Finland Foundation".
O volume abrange as seis décadas da carreira do artista finlandês e mostra também um lado sensível e romântico do autor.
Confira outros trechos.
*
Reprodução
Reprodução
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário