sexta-feira, 15 de abril de 2011

Estuprador que agia próximo à Santa Casa é preso



O barmen Erlan Bezerra Vieira, 29 anos, foi preso na noite de ontem (14) sob acusação de ter roubado e depois estuprado uma mulher de 20 anos em frente à Santa Casa de Campo Grande. O crime ocorreu no dia 17 de janeiro e ele foi preso em uma ação conjunta da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) e a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).
Segundo a delegada Christiane Grossi, Vieira abordou a jovem, por volta das 11 horas, quando ela saia de um curso e voltava para casa. O acusado simulando estar armado rendeu a jovem e a levou para um estacionamento localizado na Rua Rio Barbosa, em frente à Santa Casa de Campo Grande. Vieria roubou o celular da jovem e a violentou sexualmente. Curiosamente oito dias depois o acusado foi encontrado novamente no mesmo local, fato este que levanta a suspeita que ele agia há certo tempo.
Vieria revelou a imprensa que havia tomado um estimulante sexual antes de praticar o crime e ele atribui o medicamento o fato de ter cometido o ato. Ele disse que estava com problemas no casamento e alegou que não chegou a consumar o ato, apenas roubou o celular.O acusado não possui passagens pela polícia.
A delegada Grossi explica que não há a necessidade de ter conjunção carnal para ser considerado estupro.
Ela explica que a jovem conseguiu se livrar do estuprador, pois falou que era portadora de uma doença infectocontagiosa, mas mesmo assim ele começou a consumar o fato. A delegada recomenda as mulheres mantenham a calma e tentem conversar com o agressor tentado convencê-los a não praticar o estupro.
Clique na imagem para acessar a galeria

..
Foto: A. Ramos/Capital News

Nenhum comentário:

Postar um comentário